Dicas de marmita Fit para levar para o trabalho!

Diga adeus a comida gordurosa industrializada, veja nossas dicas de marmita fit para levar para o trabalho.

Comida industrializada, cheias de corantes, aditivos químicos e ingredientes que mal conseguimos pronunciar o nome estão cada vez menos presentes nas vidas das pessoas que se preocupam em se alimentar de uma forma mais saudável.

A facilidade e praticidade de alimentos prontos estão cada vez mais sendo indagadas por quem deseja ter uma alimentação mais saudável. Questionamentos como “qual tempero foi utilizado para preparar esta comida”, “quanto de sal o cozinheiro usou”, “qual é a procedência dos ingredientes” são feitos com muito mais frequência, comparando alguns anos atrás.

Justamente por conta de tais questionamentos, muitas pessoas vêm adotando o hábito de cozinhar o seu próprio alimento do dia a dia. Levar marmita para o trabalho, que até pouco tempo atrás era visto com estranhamento, tornou-se um uma realidade cada vez mais presente na vida das pessoas.

E se você faz parte dos que gostam das receitas fit e está preocupado(a) em fazer a sua própria comida, veja as dicas que temos facilitar a sua vida quando for preparar a sua marmita!

  1. Organize-se! Isso mesmo! É fundamental que você faça um planejamento da semana e defina o que você irá comer ao longo dos sete dias. Para isso, você deve escolher um dia da semana, que pode ser no sábado, para pensar o que irá comer nesse período e providenciar a compra de todos os ingredientes necessários para o preparo das marmitas.
  2. Você também precisa definir o dia em que irá cozinhar. Muitas pessoas cozinham de uma única vez todas as marmitas que irá consumir na semana. Caso você precise de tempo, pode adotar essa mesma estratégia, mas não se esqueça de levar todas as marmitas ao congelador e retirar somente no dia que for consumir.
  3. Quanto à montagem da marmita, procure montar um prato equilibrado, que pode ser dividido em quatro partes, contendo em cada parte proteínas, carboidratos, saladas e legumes. Reduza a quantidade do sal e respeite as suas intolerâncias alimentares.
  4. Evite beber líquidos durante as refeições. Se o seu objetivo é emagrecimento, procure ingerir qualquer líquido, incluindo água, apenas meia hora antes ou uma hora após as refeições.
  5. Para acomodar melhor a sua comida, procure marmitas que tenham o pote de vidro, pois ao congelar, os potes de plástico soltam substâncias nocivas à saúde. Você também pode adquirir bolsas específicas para levar toda a comida que irá consumir ao longo do dia. Há opções lindas para vender!
  6. Não se esqueça de programar os lanches intermediários caso você passe períodos longos fora de casa. Não adianta se preocupar apenas com as refeições grandes, comendo qualquer coisa nas refeições menores, como nos lanches da manhã e da tarde. Frutas (com a quantidade que encham um copo de 200 ml), mix de castanhas, como amêndoa, semente de girassol e castanha do Pará, além do coco fresco em pedaços, são ótimas opções para consumir nos intervalos. Somente fique atento à quantidade, normalmente 50 gramas são suficientes.
  7. E por último e muito importante frisar, consulte um nutricionista! Somente ele poderá lhe prescrever um plano alimentar mais adequado as suas necessidades.

Importante

Lembramos que todo tipo de dieta ou reeducação alimentar só deve ser feita com acompanhamento do seu médico ok? Não nos responsabilizamos pelo mal uso das informações aqui apresentadas que são de domínio público na Internet

Se você tem sugestões de novos artigos, podem deixar nos comentários!

Talvez você se interesse por:

Está página foi lhe útil? Clique no G+1. É muito importante para nós!

Categorias Dicas Fit